Economia da Eslováquia

A Eslováquia é considerada o Estado cujo crescimento econômico é o de maior destaque na Europa Central. Desde 1998 o governo eslovaco vem focando em políticas para a estabilidade macroeconômica, reformas estruturais e integração econômica internacional com a Europa e organizações multilaterais. Atualmente a Eslováquia se apresenta como uma democracia liberal estável, com uma economia voltada ao mercado, cujas normas estão totalmente harmonizadas à União Europeia.

A força de mercado eslovaca é reconhecida como um dos melhores campos para investimentos, tendo como atrativos sua mão de obra altamente qualificada, baixas taxas de impostos e sua progressiva legislação para investimentos e oportunidades. Além disso, o mercado eslovaco possui faixas salariais abaixo de seus vizinhos europeus, assim como o custo de vida no país é cerca de 45% em relação a outros países.

A balança comercial da Eslováquia demonstra claramente sua condição de “Tigre da Europa Central”. Em maio de 2016 a balança comercial o eslovaco chegou a 427 milhões de euros positivos, comparados aos 261 milhões de euros em 2015. Em 2016 as exportações cresceram em 9,5%, enquanto suas importações cresceram em 6,8% durante os 5 primeiros meses de 2016 em comparação ao ano passado, sendo um resultado impressionante para a atual conjuntura europeia e internacional.